Lembram do caso dos cães da raça Beagle em São Roque? Pois então… Na tarde desta quinta-feira, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou o Projeto de Lei 777/2013 que proíbe o teste com animais para a fabricação de cosméticos. O veto inclui o desenvolvimento, experimentos e testes, no caso da produção de artigos para higiene pessoal, perfumes e seus componentes, e vale apenas para SP.

— Estudamos profundamente, inclusive a legislação internacional, ouvimos a entidade defensora dos animais, ouvimos a indústria, cientistas e pesquisadores da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), veterinários, médicos, biólogos, enfim, ouvimos todo o setor — justificou ao jornal Folha de SP.

Em caso de desobediência à lei, o infrator deverá pagar uma multa no valor equivalente a 50 mil unidades fiscais do Estado de São Paulo (Ufesps), por animal. Esse valor de referência, pelos cálculos do governo, alcança em torno de R$ 1 milhão. Se houver reincidência, será cobrado duas vezes esse valor, ou R$ 2 milhões.

Agora, basta saber quando esta lei tomará conta de todo o Brasil, né?!