Até que ponto vai a ação do ser humano? Na última semana, um turista viu um filhote de golfinho nadando na beira da beira de Santa Teresita, na Argentina, e o retira do habitat natural para que as pessoas conseguissem bater selfies com o pobre animal. Os golfinhos possuem uma pele frágil, que não permite que o animal passe muito tempo longe da água.

Em poucos minutos, o bichinho superaqueceu e morreu. Pior ainda que isso: depois que ele não tinha mais “utilidade” para estes veranistas, o corpo do golfinho foi abandonado na areia.

Embora algumas pessoas garantam que o golfinho já estivesse morto ao ser retirado da água, de acordo com informações do jornal Extra, há um vídeo no Youtube que mostra o exato momento em que o animal foi levado para a areia, em movimento e com vida.

Enfim, o que falar sobre um episódio desses? Muita tristeza….

Fotos: Reprodução do Facebook/ Hernán Coria