Queridos amigos da Confraria, como vocês já sabem, a Kyra é uma querida e muito espertinha. Já aprendeu a fazer xixi e cocô no jornalzinho, adora dormir na caminha que compramos para ela e brinca feito uma doida. Porém, ela tem um probleminha que ainda não conseguimos superar por completo: a choradeira ao ficar sozinha em casa. Sim, a pequena chora bastante! Ela não pode ver a porta se abrir que quer sair. Se ouve o barulho das chaves, nossa! Dai é pior ainda…

Começamos deixando ela sozinha por pequenos períodos de tempo e mesmo assim ela chorava muito. Falamos com veterinários, lemos alguns artigos e começamos a usar algumas estratégias: compramos uma bolinha que esconde petiscos para ela se divertir e mudar o foco enquanto não estamos em casa. A bola até ajuda, mas não resolve. Ela até pega um pouco a bolinha, mas depois ela larga, vai para a porta e chora.

Aos poucos a choradeira vai diminuindo. O primeiro dia em que ela ficou sozinha foi mais difícil. Deixamos uma câmera gravando para ver o que ela fazia quando não estávamos em casa.  Até tentar subir na mesa da sala ela tentou. Sim, na mesa! Fez horrores a baixinha! Depois disso, tomamos algumas medidas: toda vez que saímos, viramos as cadeiras da mesa para que ela não se machuque. Também colocamos umas caixas para evitar que ela suba no móvel da TV (ela também conseguiu esse feito). 

Nas outras vezes que saímos, o choro diminuiu um pouco. Ela chora, brinca, chora, brinca, dorme. E assim por diante. Porém, dá um desespero ver que a cusquinha chora, né? No caso dela, acho que ela tem medo de ficar sozinha porque sofreu maus tratos antes de ser adotada por nós. Na cabeça dela deve passar algo do tipo “vão me abandonar mais uma vez”. Sei lá!

A questão é que estamos tentando superar essa choradeira. Ah, vale lembrar que ela tem 4 meses e ainda é uma filhotinha. Filhotes choram bastante (até acho ela bem independente para ser uma filhotinha). Se alguém tiver dicas de como fazer com que o cão não chore muito quando ele ficar sozinho, estamos aceitamos sugestões com urgência :)

Para participar, envie e-mail para contato@confrariadopet.com.br ou deixe um comentário aqui mesmo no post!