Ter um animal de estimação requer muitos cuidados, principalmente quando se trata de um gato curioso e esperto. Por serem menores, mais ágeis e terem faro bem sensível, os felinos costumam investigar e acabam se envolvendo com objetos perigosos. Para impedir que a curiosidade do seu gato seja fatal, há alguns perigos domésticos que devem ser evitados. Veja as dicas da Confraria do Pet:

Cortinas e venezianas
A ponta de uma cortina ou a cordinha da persiana são uma tentação para os gatos. Uma simples brincadeira pode se transformar em uma tragédia. No mínimo, as venezianas ou o trilho das cortinas cairão ao chão. Na pior das hipóteses, o gato pode se enrolar e se asfixiar, sofrer danos internos fatais ou ficar tão excitado que seu coração falha. Para a segurança do seu bichinho, amarre ou prenda todos os cordões das cortinas, deixando-os longe do alcance dos felinos.

Eletricidade
Fios elétricos e telefônicos representam riscos do animal ficar emaranhado, mas costumam ser mais perigosos se o bichano mastigá-los. Talvez seja o sabor ou a textura do revestimento plástico, mas por algum motivo, muitos gatos não resistem à tentação de mordê-los. Então, se for possível, passe os fios sob tapetes e carpetes ou atrás de móveis que ficam no mesmo plano do piso e da parede. Se for preciso passar um fio onde o gato poderá alcançá-lo, compre canaletas de plástico, encontradas na maioria das lojas de ferragens e de materiais para construção.

Produtos de limpeza
Alguns produtos utilizados para a limpeza da casa trazem danos à saúde dos gatos. Desinfetantes à base de pinho e que contenham fenol são tóxicos para os felinos e não devem ser usados em tigelas de alimentos ou nas áreas ocupadas pelos animais de estimação, como o local de dormir ou caixas de areia. Além disso, qualquer produto de limpeza pode ser tóxico se ingerido. Por isso, mantenha as embalagens escondidas dentro de um armário.

Janelas, sacadas e telas
Se você quer ter um gato, não esqueça de colocar telas resistentes em todas as janelas. Os felinos adoram ficar em lugares altos para verem o movimento e tudo que está acontecendo dentro de casa. Por mais que haja o ditado de que o gato tem sete vidas, o ideal é cuidar para que ele não perca o equilíbrio e caia da janela. Independente da altura, a lesão pode ser grave.