Pessoal, uma leitora da Confraria do Pet acabou de me mandar esta notícia e resolvi compartilhar com todos vocês. Nada melhor do que uma boa história para começarmos bem a terça-feira! A história é verdadeira e conta como um menino de oito anos de idade, que sofre de autismo, transformou-se de um garoto profundamente inseguro e isolado em um extrovertido “tagarela”, graças a sua amada cachorrinha, que foi resgatada em estado quase terminal. Esta linda matéria foi publicada esta semana no Daily Mail.

A mestiça de Staffordshire terrier, que foi apelidada de Xena, foi encontrada em uma situação muito triste: estava magra, muito mal cuidada e quase morrendo. De tão magrinha, ela mal conseguia se levantar. Não tinha forças. A família do menino Jonny Hickey a resgatou e a levou ao veterinário. Xena lutou para sobreviver e, por isso, ganhou o apelido de “Filhote Guerreiro”. Ela foi encontrada inconsciente, mas respondeu bem ao tratamento com soro e alimentação.

Em apenas dois meses, a mestiça de Staffordshire terrier, fez com que Jonny Hickey se tornasse “uma criança extremamente feliz, como eu jamais o tinha visto,” conforme as palavras de sua mãe, Linda. Jonny, residente em Johns Creek, no estado americano da Georgia, mal falava antes de encontrar a cachorrinha. Ele costumava passar horas sozinho, brincando com bolinhas de gude em total introspecção e ficava aterrorizado diante de qualquer situação desconhecida para ele.

O menino ficou tão feliz que fez um vídeo apenas para uso pessoal (não colocou no Youtube). A repórter do Daily Mail teve acesso e afirma que o próprio garoto sente-se muito satisfeito com a companhia da nova amiga: “Meu nome é Jonny e esta é minha cachorrinha Xena. Bem, minha Xena foi muito machucada por pessoas que não são tão boas assim. Eu tenho autismo. Então, eu penso que nós formamos um time perfeito para espalhar, pelo mundo, a mensagem de respeito pelos animais e respeito para com as crianças que são assim como eu.”

Bela história, né? Uma ótima semana a todos!!!