Animal solto na rua é sinônimo de perigo na certa. Por dia, a Área de Medicina Veterinária (AMV) da SEDA recebe 20 solicitações de resgates e de atropelamentos a cães. Muitas vezes, estes bichinhos ficam com traumas sérios e nunca mais voltam a andar. Quando há fratura de coluna, por exemplo, o animal perde os movimentos das patas e fica com sequelas irreversíveis.

Agora, estes pequenos estão ganhando uma nova chance de locomoção através das cadeirinhas de rodas confeccionadas pelo servidor Luis Rogério Preigschadt. Luis fez algumas adaptações de materiais para tornar o produto mais em conta, fazendo com que mais animais sejam beneficiados: “a cadeirinha contribui na evolução dos tratamentos e possibilita locomoção e conforto dos bichos, mas eles precisam de mais. Amor e carinho são fundamentais na cura e superação de traumas”, afirma, de acordo com matéria publicada no site da SEDA.

Materiais para animal de porte pequeno ou médio

4 tampões em PVC (tam 20)
4 Joelhos em PVC (tam 20)
6 T’s em PVC (tam 20)
2 Barras de cano em PVC de 30 cm
3 Barras de cano em PVC de 15 cm
4 Barras de cano em PVC de 12 cm
2 Barras de cano em PVC de 5 cm
4 Barras de cano em PVC de 2,5 cm
1 Mangueira de 1m
2 Rodas de carrinhos de feira
1 Barra de ferro de 50 cm
3 Pedaços de 30 cm de arame
1m de alça de mochila

Clique aqui para aprender a fazer uma cadeirinha de rodas.

IMAGEM: Divulgação/PMPA