Não sei como funciona com o pet de vocês, mas a Kyra Maria, a mascote da Confraria, ama uma praia. Neste momento, por sinal, ela está curtindo um pouco dos confortos da casa da vovó, enquanto os humanos estão trabalhando. Sempre que viajamos com ela, tomamos alguns cuidados essenciais para que o passeio seja feito com segurança. E você? Está por sair de férias nos próximos dias? Então, veja as dicas da Confraria do Pet e do Renato Costa, veterinário parceiro da Zoetis, e saiba como transformar este passeio em algo bem tranquilo e inesquecível.

 

1 – Verifique a carteira de vacinação do seu animal:

Para não haver imprevistos, as vacinas precisam estar em dia. Fique atento se o seu destino foruma área de alta incidência de algumas doenças virais de fácil contágio como a parvovirose e a cinomose em cães ou a rinotraqueíte em gatos. A vacinação contra estas e outras doenças devem estar sempre atualizadas.

2 –    Viagem sem vômitos e enjoos:

Nem todos os animais passam mal na viagem, mas a maioria sente o enjoo do movimento. O ideal é falar com o veterinário para ver quais as opções de medicamentos para cada caso.

3 – Faça paradas para água e outras necessidades do animal:

De acordo com o veterinário Renato Costa, água é indispensável, principalmente em dias quentes de verão. “É importante fazer paradas regulares para que o animal beba água e faça suas necessidades. Assim, a viagem se torna tranquila para o animal e ele vai poder aproveitar melhor com seu tutor”.

4 –  Não esqueça de levar os objetos do pet:

Sempre faça uma pequena mala para levar os objetos do pet, seja cão ou gato. Brinquedos, cobertores, ração, petiscos. Isso diminuirá o estresse de mudança de ambiente.

5 – Se a viagem for de carro, não deixe o animal solto no veículo:

Existem várias opções no mercado para levar o cão ou gato dentro do carro em segurança. As mais comuns e de fácil adaptação são as caixas de transporte e as coleiras próprias para serem utilizadas em veículos.